Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP):

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é  uma alteração hormonal da mulher.
Também chamada de Anovulação Hiperandrogênica, tem como principais consequências alterações da ovulação (a mulher ovula menos do que o habitual), e alterações relacionadas ao excesso de hormônios masculinos (hiperandrogenismo).
É a causa hormonal mais comum de infertilidade, correspondendo a aproximadamente 20 a 30% dos casos.

 

Como saber se tenho ovários policísticos?

Se você estiver com essas alterações abaixo, pode estar com ovários policísticos:

1 – Intervalo entre as menstruações maior do que 35 dias.

2 – Pêlos pelo corpo (hirsutismo)acnes e oleosidade, causados pelo excesso de hormônio masculino na corrente sanguínea (hiperandrogenismo).

3 – infertilidade (mais de uma ano tentando engravidar, sem métodos anticoncepcionais, sem sucesso).

Então, isso não quer dizer que quem tem ovários policísticos não engravida! 

Portanto, é importante consultar um médico para que seja avaliado o caso!

Dessa forma, normalmente são solicitados exames:

Ultrassonografia: 

A ultrassonografia avalia os ovários, e se os mesmo estão aumentados e com o aspecto policístico.

Exames hormonais:

Alguns hormônios podem ser avaliados, principalmente o hormônio masculino.

Como tratar? Quem procurar?

Se quer engravidar e não está conseguindo: o tratamento deve ser a indução da ovulação
Se o problema é a estética (pêlos pelo corpo) e a menstruação irregular, normalmente indica-se anticoncepcionais e se necessário, um tratamento estético específico para os pêlos.
Perda de peso e hábitos de vida saudáveis(atividades físicas regulares e alimentação saudável), vão ajudar muito em todos os casos!