Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP):

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é  alteração hormonal mais comum que pode levar a dificuldade para engravidar, podendo corresponder até a 30% dos casos de infertilidade.
A SOP leva a alterações da ovulação – a mulher ovula menos do que o habitual –  e alterações relacionadas ao excesso de hormônios masculinos (excesso de pelos, acnes, oleosidade da pele e queda de cabelos).

Como saber se tenho ovários policísticos?

Se você estiver com essas alterações abaixo, pode estar com ovários policísticos:

1 – Intervalo entre as menstruações maior do que 35 dias.

Quando as menstruações ocorrem em intervalos regulares de 28 a 30 dias, podemos dizer que a ovulação ocorre em mais de 90% das vezes.

Ao contrário disso, quando os intervalos são muito longos (mais do que 35 dias), podemos estar frente a distúrbios de ovulação (anovulação), que faz parte do quadro clínico da SOP, levando a dificuldade para engravidar.

2 – Pêlos pelo corpo (hirsutismo)acnes e oleosidade

Devido ao acúmulo de pequenos cistos nos ovários, que acabam produzindo hormônios masculinos, a SOP provoca um aumento anormal destes hormônios no corpo da mulher.

Estes hormônios masculinos levam a alterações do tipo: excesso de pelos, oleosidade da pele intensa, acnes, queda de cabelos.

3 – infertilidade

Infertilidade é quando um casal tenta engravidar por mais de 12 meses, sem métodos contraceptivos e não consegue.

No caso da SOP, a infertilidade está ligada ao fato de a ovulação não ocorrer, ou estar ocorrendo de forma anormal.

Portanto, não é impossível alguém com SOP engravidar, mas as chances ficam significativamente reduzidas.

 

Dessa forma, normalmente são solicitados exames:

Ultrassonografia: 

A ultrassonografia avalia os ovários, e se os mesmo estão aumentados e com o aspecto policístico.

Exames hormonais:

Alguns hormônios podem ser avaliados, principalmente o hormônio masculino.

O que fazer se acho que estou com SOP?

A primeira atitude deve ser consultar um especialista em reprodução humana.

Ele vai avaliá-la, verificar com está o seu ciclo menstrual, e solicitar alguns exames: (ultrassonografia transvaginal e exames hormonais)

Após isso, existem basicamente 2 possibilidades:

Se quer engravidar e não está conseguindo, o tratamento deve ser a indução da ovulação.

A indução da ovulação ou coito programado é um tratamento para engravidar de baixa complexidade.
É indicado principalmente para casais com dificuldades na ovulação, como no caso da SOP.

Vou descrever em 3 passos simples a indução da ovulação ou coito programado:

1. Tomar o indutor de ovulação

O indutor de ovulação é um medicamento que provoca a liberação de um ou mais óvulos pelos ovários.
O mais utilizado é o citrato de clomifeno, e deve ser usado apenas com prescrição médica e acompanhamento através de ultrassonografia transvaginal seriada.

De maneira off label também utilizamos o Letrozol com indutor de ovulação e em casos mais difíceis podemos associar metformina e até hormônios injetáveis.

2. Fazer o controle de ovulação

O controle de ovulação é feito por ultrassonografia transvaginal seriada.
Esse controle é obrigatório para que eu possa constatar a ocorrência ou não da ovulação após a tomada da indutor e indicar os melhores dias para a relação sexual.

O controle de ovulação pode ser iniciado já a partir do 9º dia do ciclo menstrual.

3. Fazer o teste de gravidez

Após tomar o indutor de ovulação, fazer o controle de ovulação com ultrassonografia seriada a partir do 9º dia do ciclo menstrual e constatar que houve ovulação, é hora de fazer o teste de gravidez!

O teste de gravidez pode ser realizado aproximadamente 14 dias após a ovulação, ou se preferir a partir de 1 dia de atraso menstrual.

Se o problema é a estética (pêlos pelo corpo) e a menstruação irregular, normalmente indica-se anticoncepcionais e se necessário, um tratamento estético específico para os pêlos.

Importante salientar que atividades físicas regulares, dieta adequada e perda de peso (pelo menos 10% do peso atual) são os alicerces e a primeira conduta a ser tomada nos casos de SOP.