em Prevenção

Mamografia x Ultrassonografia de Mamas (Ecografia de Mamas)

 

Dúvida muito frequente das minhas pacientes, principalmente porque para a maioria, a mamografia mostra-se muito mais desconfortável do que a ultrassonografia de mamas.

 

1 – Se a ultrassonografia de mamas está normal, preciso fazer a mamografia?

Se o seu médico solicitar os dois exames, sim.

Alguns tipos de lesões podem ser detectados apenas na mamografia, e não na ecografia/ultrassonografia de mamas, portanto, é muito importante que se façam os dois exames.

2 – A mamografia é basicamente uma radiografia (Raio X) das mamas, e permite a visualização de nódulos, assimetrias e calcificações.

Em alguns casos, principalmente em pacientes mais jovens, as mamas são muito densas e não permitem que os Raios X  a atravessem de maneira adequada, podendo ocultar lesões.

Também pode acontecer de a mamografia demonstrar alguma imagem, mas não definir de maneira clara a  sua provável composição  (cisto ou nódulo sólido).

Nesses casos, a complementação com a ultrassonografia é muito importante.

3 – Cisto e nódulo, o que são?

Cisto é basicamente uma estrutura que parece uma “pequena bexiga com água dentro”, e enquadra-se na categoria de achados benignos de mamas, observados principalmente na ultrassonografia/ecografia das mamas.

Quando encontrados, os cistos normalmente são apenas observados, e uma intervenção só é necessário se estes estão muito grandes a ponto de causarem desconforto e queda na qualidade de vida da mulher.

Os nódulos são como “bolinhas”, que podem ser arredondadas, ovais ou com formato irregular.

Os arredondados e ovais normalmente enquadram-se na categoria de achados provavelmente benignos, demandando acompanhamento semestral com ecografia durante 3 anos, e depois anual se não houverem alterações significativas.

Os nódulos irregulares de maneira geral, enquadram-se na categoria de achados suspeitos, e em grande parte dos casos necessita de uma melhor avaliação (outros exames de imagem como ressonância ou até mesmo uma biópsia).

4 – E se  a mamografia e/ou a ultrassonografia de mamas detectarem alguma lesão suspeita?

Nesses casos, normalmente procede-se à uma biópsia (retirada de parte do nódulo ou do nódulo inteiro), para que seja feita uma avaliação microscópica da composição deste nódulo, permitindo definir se é câncer ou não.

5 – Quando devo realizar estes exames?

A recomendação para as mulheres de 50 a 69 anos é a realização da mamografia a cada dois anos e do exame clínico das mamas anual.

Dos 40 aos 49, recomenda-se exame clínico anual e a auto palpação.

Caso haja alguma suspeita, ou alteração do exame clínico antes deste período, inicia-se a rotina antes.

Também deve-se levar em consideração o histórico familiar para câncer de mama da paciente.

Nessas pacientes, a rotina deve começar já aos 35 anos, com mamografia e exame clínico anual.

6 – Próteses de silicone impossibilitam a realização de mamografia e/ou ultrassonografia de mamas?

Não, os dois exames podem ser realizados normalmente em mulheres com próteses de silicone.

 

 

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário