Indução da Ovulação (Coito Programado)

A indução da ovulação ou coito programado é um tratamento para engravidar de baixa complexidade.
É indicado principalmente para casais com dificuldades na ovulação.
A ovulação é um evento mensal, que deve ocorrer para que a gravidez aconteça.
É a liberação do óvulo pelo ovário, para que este seja alcançado pelo espermatozóide nas trompas.
Algumas mulheres têm dificuldades para engravidar porque não ovulam adequadamente.
A Síndrome dos Ovários Policísticos é um exemplo muito comum de dificuldade para ovular.
Para esses casos, recorremos à indução da ovulação ou coito programado.
Vou descrever em 3 passos simples a indução da ovulação ou coito programado:

1. Tomar o indutor de ovulação

O indutor de ovulação é um medicamento que provoca a liberação de um ou mais óvulos pelos ovários.
O mais utilizado é o citrato de clomifeno, e deve ser usado apenas com prescrição médica e acompanhamento através de ultrassonografia transvaginal seriada.

2. Fazer o controle de ovulação

O controle de ovulação é feito por ultrassonografia transvaginal seriada.
Esse controle é obrigatório para que possamos constatar a ocorrência ou não da ovulação após a tomada da indutor e indicar os melhores dias para a relação sexual.
O controle de ovulação pode ser iniciado já a partir do 9º dia do ciclo menstrual.

3. Fazer o teste de gravidez

Após tomar o indutor de ovulação, fazer o controle de ovulação com ultrassonografia seriada a partir do 9º dia do ciclo menstrual e constatar que houve ovulação, é hora de fazer o teste de gravidez!
O teste de gravidez pode ser realizado aproximadamente 14 dias após a ovulação, ou se preferir a partir de 1 dia de atraso menstrual.
As chances de sucesso deste método podem variar muito, dependendo de cada caso.